Espinosa é sepultado no Rio de Janeiro

O Técnico Valdir Espinosa foi sepultado na manhã desta sexta-feira, no Memorial do Rio de Janeiro, em cerimônia somente com amigos e parentes. O velório do treinador ocorreu na tarde e noite de quinta-feira, no salão nobre de General Severiano, sede do Botafogo, onde Espinosa trabalhava atualmente como gerente de futebol.

Valdir Espinosa identidade com o Botafogo

Espinosa desde de 1989, tinha grande identificação com o clube carioca. Na ocasião, sob o comando do Glorioso, o técnico tirou o time de um jejum de 21 anos sem título. Com sabor mais do que especial a quebra dos anos sem conquistas, foi magistral. Primeiro em cima do maior rival, Flamengo e segundo de forma invicta.

valdir espinosa
Valdir Espinosa não resistiu a complicações em uma cirurgia e morreu na manhã de quinta-feira 

Ele faleceu na manhã de quinta em função de complicações decorrentes de uma cirurgia no abdômen.

Além da bandeira do Botafogo, o caixão também foi coberto com as cores do Grêmio, onde Espinosa conquistou a Libertadores e o Mundial de Clubes em 1983. Antes do sepultamento, muitos aplausos e emoção após uma oração.

 Joel Carli e Gatito Fernandez representaram o atual elenco alvinegro, e ex-atletas como Maurício, Júnior, Juan, Luisinho, Roberto Dinamite, Mauro Galvão e Wilson Gottardo também compareceram.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima