Panelaço contra Bolsonaro ecoa por todo País

À noite desta quarta-feira -18, teve um som incomodo, ao menos para os ouvidos do presidente Jair Bolsonaro. Por volta das 19h, teve início mais uma etapa do concerto das panelas, o primeiro ato começou após o início da entrevista coletiva no Palácio Planalto da qual participaram Bolsonaro, o presidente do STF (Supremo Tribunal Federal), Dias Toffoli, e outras autoridades.

Por meio da internet, vários vídeos de batuque de panelas e de gritos de “fora, Bolsonaro” e “fora, fascista”, eram postados nas redes sociais, em São Paulo, Rio de Janeiro, Salvador, Brasília e Fortaleza, entre outras cidades. A manifestação ganhou corpo no momento em que as autoridades anunciavam a criação de um comitê nacional para enfrentar o coronavírus no Brasil.

Panelaço e fora Bolsonaro

Panelaço e fora Bolsonaro
Panelaço contra Bolsonaro ecoa em todo País

Ainda no estado de São Paulo, também teve registros da soltura de fogos de artifício, rojões, além dos famosos “buzinaço” que foram adotados pelos motoristas. Valeu também o acender e apagar de luzes, projeções de imagens e frases contra o presidente em inúmeros prédios.

No entanto, a orquestra sinfônica das panelas ainda reservava um novo ato contra o presidente. Por volta das 20h, o Brasil retomou as batidas, meia hora depois às 20h30, começou a terceira série de manifestações, essa convocada desde ontem via mensagens de redes sociais.

Os atos contra Bolsonaro tiveram inicio na noite de terça e na tarde de ontem, todas as manifestações ocorreram durante pronunciamento do presidente.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima